Igreja Evangélica Maranata


 
 
Busca de Textos

 Texto para pesquisa:
 

 Pesquisar em:
 


 


 
 
Ministério Em Tua Presença
Cartas - Aconselhamento Virtual

 
O uso da vara é de fato uma violência à criança como diz o CONSELHO TUTELAR?

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
OI, Pastor estou muito contente em poder ter acesso à igreja e a você através da internet. Gostaria de saber se o uso da vara é de fato uma violência à criança como diz o CONSELHO TUTELAR.

Será que a palavra vara não é um símbolo apenas?

Será que ela era para aquele contexto cultural? Eles alegam que a criança não precisa passar pela dor para aprender. Se fosse assim iríamos sempre apanhar a cada deslize nosso?

IMAGINE na igreja, você teria sempre uma vara!

Por favor, me ajude a refletir sobre isso, pois tenho uma missão de formadora de conceitos paternos acerca da disciplina e me encontro confrontada pelas leis dos direitos das crianças e a palavra de Deus.

A conselheira disse que aparecem sempre crianças marcadas violentamente por varas e os pais alegam que este tipo de disciplina está na bíblia.

Um grande abraço,desta tua ovelha.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Resposta

Querida ovelha

Penso que ao me escrever você já tinha em seu coração a não utilização da vara, de acordo com experiências absurdas e negativas – e com teorias estudadas de pessoas que não compreendem a Deus e seus princípios, se firmando no que é feito de errado pelo mundo afora em nome de Deus, porém aconselho a você a ficar com as escrituras sagradas sempre, pois Deus nunca erra em seu parecer. Porém é necessário entender a forma de se aplicar o que Deus disse.

Quando a bíblia diz sobre usar a vara com a criança, ela em muitos pontos esta sendo literal, e não penso que hoje a estultice da criança tenha mudado, portanto culturalmente a criança ainda necessita de disciplina. Provérbios 23:13 diz: Não retires a disciplina da criança, porque, fustigando-a com a vara, nem por isso morrerá. O nosso mundo não está ficando melhor com a mudança da educação.

Agora a bíblia é contra a violência não só da criança, mas também do adulto.


VIOLÊNCIA A UMA CRIANÇA NUNCA SERÁ JUSTIFICADA NEM POR DEUS E NEM PELOS HOMENS.


A forma e o espírito com que se usar uma vara poderá causar violência ou não. Um tapinha na mão de uma criança pode até provocar um sorriso nela ou quebrar a mão.

A utilização da vara na bíblia é para que a criança reflita e faça a associação, e creio que Deus é um excelente pedagogo e psicólogo.

O Conselho Tutelar do menor está certo de que não se deve usar de violência, e penso que o que é feito em nome da bíblia não é o que Deus orientou jamais. E por isto muitos pais em nome de Deus fazem coisas que são fruto de suas deformações e até de doenças psicológicas, onde agridem a criança de forma absurda.

O pai deve usar sim a vara como Deus dirige na bíblia, mas deve ser também dentro do que Deus orienta, ou seja com um espírito correto de mansidão com amor, carinho, equilíbrio, e nunca debaixo de ira e vingança, e o objetivo não pode ser o de ferir ou provocar hematomas, mas apenas associar a autoridade para criança. Se o pai não tem os dois lados, então nunca deveria usar a vara.

A bíblia diz que a vara e o cajado devem ser usados juntos. Vara para corrigir e cajado para cuidar com muito amor.

Fazendo assim, usando vara e cajado (cumprindo a lei do amor que não faz mal ao próximo) e obedecendo a lei do direito da criança em todos os pontos, nunca haverá violência a criança, mas apenas a correção que ajudará o caráter dela.

É claro que isto não exclui a forma figurada que Deus usou varias e varias vezes na bíblia a vara, no sentido de correção somente.

Participei a tempos atrás de um debate na rádio onde tinha um juiz de direito, oficial comandante militar, e mais gente ligadas a orientação do ser, e ali todos apoiavam a utilização da vara dentro do parâmetro que estou falando aqui, sem machucar, apenas uma lembrança de correção de caminho, inclusive eles falavam da importância que foi para eles serem corrigidos por seus pais com vara quando pequeno, mas é claro sem violência, feridas ou dores de sofrimento. Portanto penso que pais que usarem a vara ferindo, machucando, destruindo o físico e até a moral de uma criança com certeza deveriam ser punidos com a vara da lei.

Que Deus te abençoe rica e abundantemente em iluminação de amor.

Deixo abaixo alguns provérbios da bíblia.

Pastor Renato Fernandes Gonçalves



Provérbios 10:13 Nos lábios do sábio se acha a sabedoria, mas a vara é para as costas do falto de entendimento.

Provérbios 13:24 O que retém a sua vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, a seu tempo, o castiga.

Provérbios 14:3 Na boca do tolo está a vara da soberba, mas os lábios do sábio preservá-lo-ão.

Provérbios 22:8 O que semear a perversidade segará males; e a vara da sua indignação falhará.

Provérbios 22:15 A estultícia está ligada ao coração do menino, mas a vara da correção a afugentará dele.

Provérbios 23:13 Não retires a disciplina da criança, porque, fustigando-a com a vara, nem por isso morrerá.

Provérbios 23:14 Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno.

Provérbios 26:3 O açoite é para o cavalo, o freio, para o jumento, e a vara, para as costas dos tolos.

Provérbios 29:15 A vara e a repreensão dão sabedoria, mas o rapaz entregue a si mesmo envergonha a sua mãe.

[ 16/11/2005 ]


 
[ V O L T A R ]




Auditório Conexão Vida - Rua Augusto Severo, 106 - Nova Friburgo - RJ - Tel.: (22) 2522.8064 / 2523.1696

Criação: w3sites